A INFLUÊNCIA DO TÍTULO DE MESTRE NOS EGRESSOS DO MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FECAP: ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DO CAPITAL HUMANO

  • Amanda Russo Chirotto Centro Universitário Álvares Penteado - FECAP.
  • Ivam Ricardo Peleias Centro Universitário Álvares Penteado - FECAP
  • Claudio Parisi Centro Universitário Álvares Penteado - FECAP
  • Jacqueline Veneroso Alves da Cunha Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2017425

Resumo

A Teoria do Capital Humano (TCH) estabelece que, ao adquirir mais conhecimentos e habilidades, um indivíduo aumentaria o valor de seu capital humano, e em consequência, de sua empregabilidade, produtividade e rendimento potencial. Diante desse pressuposto, buscou-se analisar a influência do título de mestre nos egressos do mestrado em Ciências Contábeis da FECAP sob a ótica da TCH. Foi realizada uma pesquisa descritiva, quantitativa, com aplicação de um questionário para 180 egressos mestres. Os resultados apontaram que os mestres são majoritariamente homens, com idade média de 47 anos, casados, com filhos, residentes na cidade de São Paulo e com formação em Ciências Contábeis, tendo como principais atividades remuneradas o mercado e a academia, a maioria atuando no setor privado e com remuneração acima de R$ 9.000,00, os resultados apontam melhora na faixa salarial após a conclusão do curso. Os principais fatores percebidos como mais influenciados pelo título foram: espírito acadêmico, diferenciação profissional, competências analíticas, empregabilidade, oportunidades na carreira, respeitabilidade e reconhecimento acadêmico/profissional. Para os egressos, o título influenciou positivamente, considerando os fatores preconizados pela TCH.

Publicado
Mar 27, 2018
Como citar
CHIROTTO, Amanda Russo et al. A INFLUÊNCIA DO TÍTULO DE MESTRE NOS EGRESSOS DO MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FECAP: ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DO CAPITAL HUMANO. Revista Universo Contábil, [S.l.], p. 33-59, mar. 2018. ISSN 1809-3337. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/5635>. Acesso em: 04 dez. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2017425.
Seção
Seção Nacional

Palavras-chave

Teoria do Capital Humano; Mestrado; Ciências Contábeis; Pós-graduação.