PREÇO DA AÇÃO, DISCLOSURE E ASSIMETRIA DE INFORMAÇÃO: O CASO OGX

  • Orleans Silva Martins Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Edilson Paulo Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Luiz Felipe de Araújo Pontes Girão Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

Este estudo investigou a relação entre o preço da ação, a divulgação de informações corporativas e a probabilidade de negociação com informação privilegiada (PIN) da OGX entre os anos de 2008 e 2014. Para isso, apoiou-se em uma revisão de literatura sobre os reflexos da disclosure e da assimetria de informação sobre o preço da ação, analisando 1.631 dias de negociação por meio de modelos de microestrutura de mercado, correlação e regressão. Nos resultados, verificou-se que o índice de disclosure apresentou relação negativa com o preço e não afetou a assimetria de informação. Quanto à cada tipo de informação, o preço foi positivamente afetado pelas notícias no site da empresa e comunicados ao mercado, e negativamente pelos fatos relevantes e formulários ICVM 358. Já a assimetria de informação foi influenciada positivamente apenas pelas informações financeiras trimestrais. Ainda, observou-se que o mercado precificou a PIN apenas até meados de 2011, quando houve uma quebra estrutural na variável preço. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 3, 2016
Como citar
MARTINS, Orleans Silva; PAULO, Edilson; GIRÃO, Luiz Felipe de Araújo Pontes. PREÇO DA AÇÃO, DISCLOSURE E ASSIMETRIA DE INFORMAÇÃO: O CASO OGX. Revista Universo Contábil, [S.l.], v. 12, n. 1, p. 06-24, abr. 2016. ISSN 1809-3337. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/4832>. Acesso em: 11 ago. 2022.
Seção
Seção Nacional

Palavras-chave

Informação Privada; Insider Trading; Probabilidade de Negociação com Informação Privilegiada; PIN.