IMPACTOS DA ADOÇÃO DAS IFRS NAS DEMONSTRAÇÕES CONSOLIDADAS DOS BANCOS LISTADOS NA BM&FBOVESPA

  • José Barbosa de Farias Universidade Federal do Ceará
  • Vera Maria Rodrigues Ponte Universidade Federal do Ceará
  • Marcelle Colares Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Márcia Martins Mendes De Luca Universidade Federal do Ceará
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2014263-83

Resumo

O estudo investigou os impactos da adoção das IFRS na representação da situação patrimonial, econômica e financeira dos bancos listados na BM&FBovespa. A amostra reuniu 18 bancos que divulgaram suas demonstrações consolidadas de 2010 nos padrões IFRS e BR GAAP. Observaram-se diferenças significativas em indicadores de Liquidez e Qualidade da Carteira de Crédito, indicando que as demonstrações contábeis elaboradas em IFRS sinalizam menor liquidez e mais baixa qualidade da carteira de crédito quando comparadas àquelas evidenciadas pelas demonstrações em BR GAAP. Pela ótica do Patrimônio Líquido, verificou-se que as demonstrações contábeis em BR GAAP são mais conservadoras que as demonstrações em IFRS.

Publicado
Jun 30, 2014
Como citar
FARIAS, José Barbosa de et al. IMPACTOS DA ADOÇÃO DAS IFRS NAS DEMONSTRAÇÕES CONSOLIDADAS DOS BANCOS LISTADOS NA BM&FBOVESPA. Revista Universo Contábil, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 63-83, jun. 2014. ISSN 1809-3337. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/3839>. Acesso em: 09 dez. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2014263-83.
Seção
Seção Nacional