Dimensionamento de pistas de pousos e decolagens em pequenos aeroportos na otimização de investimentos e segurança operacional.

  • Mauro Caetano Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Lívia Gabriella de Melo Sousa Universidade Paulista (UNIP)

Abstract

Identificar as principais características de projetos geométricos de pistas de pousos e decolagens em pequenos aeroportos torna-se necessário para a otimização de investimentos e também a oferta de segurança operacional. Com isso, nesse estudo são identificadas as demandas para comprimento total de pista para decolagens (TORA: Take-off Runway Available), definidas pela aeronave autorizada para o seu uso, bem como o tamanho de pista disponibilizado de acordo com as declarações apresentadas pelos aeródromos junto ao órgão regulador brasileiro, a ANAC. A partir da análise de dados referentes a 49 pequenos aeroportos brasileiros, foram calculadas as dimensões longitudinais de pista realizando as devidas correções de altitude do aeródromo, temperatura local em relação à temperatura padrão e também declividade longitudinal de pista. Os resultados demonstram que entre os aeroportos que possuem maiores dimensões longitudinais em relação as requeridas pela aeronave de projeto são os de São Gabriel da Cachoeira/AM (SBUA) e o aeroporto de Vilhena/RO (SBVH), com 1320 m e 875 m adicionais, respectivamente, acima do solicitado pela aeronave autorizada para uso da pista. Já aqueles que apresentam as maiores deficiências longitudinais são os aeroportos de Campina Grande/PB (SBKG) e Caldas Novas/GO (SBCN), com respectivamente 1964 m e 2132 m abaixo do demandado pela aeronave de projeto, podendo comprometer as operações de pouso e, principalmente, decolagem da aeronave de projeto se for considerado o peso máximo de decolagem (MTOW). Também foram analisados os custos adicionais aplicados à infraestrutura de pista que apresentam sobre investimentos na ordem de R$ 9,6 milhões no aeroporto de Pelotas/RS (SBPK), R$ 9,9 milhões no aeroporto de Vilhena/RO (SBVH), e até R$ 22 milhões no aeroporto de São Gabriel da Cachoeira/AM (SBUA). Com isso, melhores compatibilizações entre oferta e demanda por infraestrutura aeroportuária referente às dimensões de pista devem ser melhor consideradas em projetos geométricos de pistas de pousos e decolagens.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
Feb 8, 2019
How to Cite
CAETANO, Mauro; SOUSA, Lívia Gabriella de Melo. Dimensionamento de pistas de pousos e decolagens em pequenos aeroportos na otimização de investimentos e segurança operacional.. Revista de Negócios, [S.l.], v. 23, n. 3, p. 36-48, feb. 2019. ISSN 1980-4431. Available at: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rn/article/view/7494>. Date accessed: 07 oct. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2018v23n3p36-48.
Section
Articles

Keywords

Aeroporto, Comprimento de pista, Infraestrutura aeroportuária, Projeto geométrico.