Resiliência: uma Bibliometria em Bases de Dados Nacionais e Internacionais

  • Michele Raasch PPGDTSA/UFPel
  • Elvis Silveira-Martins PPGDTSA/UFPel PROFIAP/UFPel
  • Camila Cabrera Gomes PPGDTSA/UFPel

Abstract

Os estudos sobre a resiliência possibilitam compreender por que certos indivíduos, sociedades, comunidades ou organizações reagem melhor a adversidades. O estudo teve como objetivo realizar um levantamento bibliométrico sobre o tema resiliência, com aplicação da Lei de Lotka e Lei de Bradford. As fontes de coleta de dados foram as bases de dados Ebscohot, Periódicos Capes, ProQuest, Spell, Web of Science e Scopus. Os descritores utilizados para o levantamento dos artigos foram resiliência e resilience.  A amostra final foi composta por 104 artigos. As análises quantitativas dos índices bibliométricos foram realizadas utilizando o software Excel® 2007, para a montagem das redes e cálculo de centralidade degrre foi utilizado o software Ucinet® versão 6.569 e o NetDraw® versão 2.161. O periódico que mais publicou sobre o tema foi Ambiente e Sociedade. As redes com maior número de laços são compostas pelos cientistas David Pimentel e Rodrigo Salles e pela instituição Universidade de Montes Claros. A autora mais citada foi Elinor Ostrom, e o trabalho mais citado foi The quest for resilience. Devido a quantidade de artigos encontrados em um primeiro momento, houve a necessidade de aplicação de filtra-los por periódicos da área de ciências sociais aplicadas, limitando a pesquisa a abordar apenas os artigos publicados nestes periódicos. Para futuras pesquisas recomenda-se utilizar algum filtro que relacione a resiliência com temas específicos, como as organizações.
Published
Aug 1, 2018
How to Cite
RAASCH, Michele; SILVEIRA-MARTINS, Elvis; GOMES, Camila Cabrera. Resiliência: uma Bibliometria em Bases de Dados Nacionais e Internacionais. Revista de Negócios, [S.l.], v. 22, n. 4, p. 40-55, aug. 2018. ISSN 1980-4431. Available at: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rn/article/view/6950>. Date accessed: 06 dec. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2017v22n4p40-55.
Section
Articles