A influência do envolvimento da equipe produtiva e da frequência de interação no desempenho operacional de novos produtos.

Sheila Patrícia Ramos Beckhauser, Daniele de Lourdes Curto da Costa Martins, Luciano Castro de Carvalho

Abstract


O objetivo do estudo é verificar a influência do envolvimento da equipe produtiva e da frequência de interação no desempenho operacional de novos produtos.  Verificou-se ainda e a frequência de interação modera a relação entre o envolvimento da equipe produtiva e o desempenho operacional. Para tanto, o estudo caracteriza-se como descritivo e quantitativo. A amostra foi composta por 86 empresas do setor produtivo. A análise dos dados foi realizada por meio de Modelagem de Equações Estruturais. Os resultados demonstraram que o Envolvimento Interno possui influência de 22,6% sobre o Desempenho Operacional e a frequência de interação de 34,1%. Já a frequência de interação (força do laço) enquanto variável moderadora entre o Envolvimento da Equipe Interna e Desempenho Operacional não foi significante. Assim, sugere-se que o envolvimento interno influencia o desempenho operacional, porém a frequência de interações com a equipe interna é mais significante do que a própria integração em si.


Keywords


Desenvolvimento de novos produtos; desempenho operacional; equipe produtiva.



DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2017v22n4p56-67

Directories

Indexers

http://diadorim.ibict.br
http://pkp.sfu.ca/node/3747

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.