A Intenção Empreendedora de Estudantes e os fatores que a influenciam

Emerson Atilio Birchler, Aridelmo Teixeira

Abstract


Reconhecendo o papel de destaque do empreendedorismo dentro do cenário econômico mundial, (A) o objetivo desta pesquisa é identificar os fatores extrínsecos e intrínsecos que influenciam a intenção empreendedora de estudantes. (B) Para isso, foram utilizadas as variáveis da Teoria do Comportamento Planejado – TCP (atitude, norma subjetiva e comportamento percebido) além de uma quarta chamada fatores socioeconômicos. Aplicado o questionário desenvolvido por Linán e Chen (2009) pela primeira vez (F) a alunos do Instituto Federal do Espírito Santo, compilados os dados e realizada as devidas regressões, observou-se que (C) somente fatores intrínsecos, representados pelas variáveis atitude e comportamento percebido, influenciaram a intenção empreendedora. A partir destes resultados, este estudo pretende (D) contribuir no apoio aos programas de empreendedorismo em instituições de ensino destinados a incentivar os estudantes a abrirem o seu próprio negócio e a (E) limitação desta pesquisa encontra-se na imprevisibilidade do comportamento se confirmar no futuro.


Keywords


Empreendedorismo, Teoria do Comportamento Planejado, Programa Nacional de Assistência Estudantil, Política de Assistência Estudantil.



DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2017v22n2p7-22

Directories

Indexers

http://diadorim.ibict.br
http://pkp.sfu.ca/node/3747

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.