Perspectivas, avanços e resistências na produção de conhecimento em Marketing

  • Eduardo André Teixeira Ayrosa Universidade Unigranrio

Abstract

Este artigo pretende refletir sobre as perspectivas da produção em marketing no Brasil a partir da dualidade historicamente estabelecida entre pesquisadores praticantes da investigação quantitativa e qualitativa. Trata-se, portanto, de um ensaio inspirado pelos textos de Salomão Farias sobre a pesquisa quantitativa e de Francisco David Giovanni Vieira sobre a pesquisa qualitativa em marketing no Brasil. Assumindo que a discussão sobre o embate qualitativos-quantitativos é de caráter político, procuro contextualizar esses dois lados da questão em termos de visão de mundo, movimentando a discussão para a polaridade positivismo-relativismo. Concluo discutindo a educação dos doutores e mestres brasileiros, e clamando pela formação de pesquisadores com visões de mundo mais divergentes.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
Apr 1, 2013
How to Cite
AYROSA, Eduardo André Teixeira. Perspectivas, avanços e resistências na produção de conhecimento em Marketing. Revista de Negócios, [S.l.], v. 18, n. 1, p. 34-41, apr. 2013. ISSN 1980-4431. Available at: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rn/article/view/3615>. Date accessed: 12 aug. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2013v18n1p34-41.