A inovatividade em indústria de alimentos: Estudo com médias e grandes empresas do Sul do Brasil

Cristina Dai Prá Martens, Henrique Mello Rodrigues de Freitas, Gustavo Menegaz Lajus, Eloni José Salvi, Mauro Luiz Martens

Abstract


Este artigo trata da inovatividade no contexto de orientação empreendedora. Tem como objetivo apresentar os resultados de um estudo exploratório e qualitativo que buscou caracterizar a inovatividade em indústrias de alimentos. É feita uma revisão conceitual sobre orientação empreendedora e inovatividade, apresentando base conceitual para o estudo. A coleta de dados foi por meio de entrevistas semi-estruturadas com dirigentes de nove indústrias de médio e grande porte da região central do Rio Grande do Sul. A análise dos resultados apresenta uma caracterização da inovatividade nas organizações, que é evidenciada de forma diferente nas empresas pesquisadas. A inovação em produtos e serviços é destaque em quatro empresas, ao passo que a inovação em processos é prioridade em oito das nove empresas. Há investimentos constantes em inovação, com existência do setor de P&D em quatro empresas e participação ativa do fornecedor nas inovações de duas empresas. Há pessoas dedicadas a atividades inovativas em cinco empresas e nas demais há envolvimento parcial. A criatividade tem importância destaque, muito embora faltem procedimentos sistematizados para seu desenvolvimento. A diferenciação ocorre especialmente em processos, onde é possível ter atividades inovativas de difícil imitação pela concorrência.

Keywords


inovatividade, comportamento inovador, orientação empreendedora, empreendedorismo, indústrias de alimentos



DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2014v19n1p94-117

Directories

Indexers

http://diadorim.ibict.br
http://pkp.sfu.ca/node/3747

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.