ARRANJO SOCIOPRODUTIVO DE BASE COMUNITÁRIA: ANÁLISE COMPARATIVA DE EXPERIÊNCIAS DE TURISMO COMUNITÁRIO NO BRASIL E NO CHILE

Carlos Alberto Cioce Sampaio, Edgardo Oyarzún, Edgardo Oyarzún, Marcia Silveira de Souza, Marcia Silveira de Souza, Carolina Cárcamo, Carolina Cárcamo, Oklinger Mantovaneli Jr, Oklinger Mantovaneli Jr

Abstract


Embora a vida moderna possa ser descrita como determinada pelo utilitarismo econômico e darwinismo social, valores que aprisionam o econômico, o social e por conseguinte o fenômeno turístico, ainda assim iniciativas associadas teimam em renovar os caminhos para a organização social com arquiteturas inovadoras. Este estudo aborda especificamente um fenômeno que vem se descortinando e despertando interesse científico. Isto é, o surgimento dos Arranjos Socioprodutivos de Base Comunitária (APL.Com), em empreendimentos turísticos, bem como um conjunto de reflexões que permite a inserção e diferenciação teórica da temática em relação a fenômenos tradicionalmente economicistas. Finaliza apresentando um panorama exploratório de duas experiências importantes na América Latina – Projeto Acolhida na Colônia (Santa Rosa de Lima, SC, Brasil) e Rede de Agroturismo de Chiloé (Los Lagos, Chile).

Keywords


Turismo comunitário; Arranjo socioprodutivo de base comunitária; Socioeconomia



DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2005v10n4p%25p

Directories

Indexers

http://diadorim.ibict.br
http://pkp.sfu.ca/node/3747

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.