Inovando para o consumo sustentável: O desafio na construção de um novo paradigma organizacional

  • Minelle E Silva Universidade Federal de Pernambuco
  • Ana Paula Machado Corrêa Universidade Federal de Pernambuco
  • Carla Pasa Gómez Universidade Federal de Pernambuco

Abstract

http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2012v17n2p72-90

 

Ao longo dos últimos anos, as evidências das crises ambientais, sociais e econômicas indicam a necessidade de mudança do paradigma desenvolvimentista vigente. Nesse contexto e tendo em vista a continuidade da sobrevivência humana, as ideologias devem ser substituídas e os padrões de consumo modificados. Para tal, os papéis dos stakeholders na relação inovação-produção-consumo devem ser revistos, e atores primordiais como governo, sociedade e empresas devem assumir suas funções na transformação do paradigma. Na busca do desenvolvimento sustentável, o presente ensaio foca sua atenção na empresa e tem por objetivo compreender como a inovação empresarial fornece suporte para o consumo sustentável. Nesse trabalho os recursos e processos organizacionais, tais como estratégia, tecnologia, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), logística, gestão de pessoas e a análise do ciclo de vida do produto, são tidos como ferramentas operacionais da inovação para o alcance de um consumo sustentável. Porém, sabe-se que apenas as inovações socioambientais empresariais não são suficientes para a promoção do consumo sustentável, é preciso o envolvimento dos demais atores na busca de um modelo de desenvolvimento sustentável, que permita tanto o crescimento da economia de forma eficiente, quanto à equidade social e o equilíbrio ambiental.

Published
Aug 1, 2012
How to Cite
SILVA, Minelle E; CORRÊA, Ana Paula Machado; GÓMEZ, Carla Pasa. Inovando para o consumo sustentável: O desafio na construção de um novo paradigma organizacional. Revista de Negócios, [S.l.], v. 17, n. 2, p. 72-90, aug. 2012. ISSN 1980-4431. Available at: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rn/article/view/2107>. Date accessed: 21 oct. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2012v17n2p72-90.