REDES SOCIAIS: O CASO DOS CONFECCIONISTAS DO APL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE – PE

  • Marcella Rachel Mignac de Barros Monteiro Faculdade Boa Viagem
  • Helder Pontes Regis Faculdade Boa Viagem
  • Paulo Thiago Nunes Bezerra de Melo Faculdade Boa Viagem

Abstract

Este estudo utilizou a abordagem estrutural do capital social para investigar os empresários participantes da associação dos confeccionistas. São apresentadas as ligações dos atores e da força dos laços existente entre eles na rede social. Foi utilizado um questionário como instrumento de pesquisa. A análise da rede se deu por meio do software UCINET 6.0 e NetDraw 2.1, que geraram como resultados os sociogramas de relacionamento. A população investigada dos confeccionistas associados foi de 25 indivíduos. Os resultados apontam para os diretores da instituição como os principais atores da rede, desempenhando um papel relevante para o desenvolvimento de ações empreendedoras no APL de confecções de Santa Cruz do Capibaribe. Os relacionamentos se mostram bem estruturados, com laços fortes bem concretizados dentro da rede. Destaca-se a necessidade do estabelecimento de laços com outros APLs da indústria de confecções com o intuito de se manterem fontes externas de informação.

Published
Apr 28, 2011
How to Cite
MIGNAC DE BARROS MONTEIRO, Marcella Rachel; REGIS, Helder Pontes; NUNES BEZERRA DE MELO, Paulo Thiago. REDES SOCIAIS: O CASO DOS CONFECCIONISTAS DO APL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE – PE. Revista de Negócios, [S.l.], v. 15, n. 4, p. 49-65, apr. 2011. ISSN 1980-4431. Available at: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rn/article/view/1922>. Date accessed: 16 oct. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2010v15n4p49-65.

Keywords

Redes sociais, Capital Social, Arranjo Produtivo Local