ANÁLISE DAS CONFIGURAÇÕES INTERORGANIZACIONAIS NA PECUÁRIA DE CORTE GAÚCHA

GUILHERME CUNHA MALAFAIA, DENISE BARROS AZEVEDO, MARIA EMILIA KAMARGO

Abstract


As mudanças no cenário competitivo mundial têm dificultado a sobrevivência das empresas, obrigando às mesmas a estabelecerem relações cooperativas necessários à sua manutenção e sobrevivência nos mercados. A partir de tais pressupostos, o presente artigo tem como objetivo analisar os relacionamentos interorganizacionais encontrados na bovinocultura de corte do Rio Grande do Sul (RS) e seus efeitos sobre a competitividade. Inicialmente este artigo apresenta uma discussão teórica sobre a contextualização, a governança, as estratégias e a competitividade dos relacionamentos interorganizacionais. Num segundo momento esses relacionamentos são caracterizados e analisados na bovinocultura de corte no RS. Para tanto, realizaram-se entrevistas em profundidade com experts do referido setor.Os resultados apontaram para uma situação onde as relações na bovinocultura de corte gaúcha que possuem uma certa coordenação tornam-se capazes de desenvolver estratégias coletivas, gerando resultados mais atrativos aos agentes.  

Keywords


relacionamentos interorganizacionais, competitividade sistêmica, bovinocultura de corte.



DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2011v16n1p11-31

Directories

Indexers

http://diadorim.ibict.br
http://pkp.sfu.ca/node/3747

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.