INFLUÊNCIA DA PRECIPITAÇÃO E DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA QUALIDADE DA ÁGUA DA BACIA DO RIBEIRÃO ESPÍRITO SANTO – JUIZ DE FORA/MG

Isabela Regina da Silva, Emília Marques Brovini, Renata de Oliveira Pereira, Maria Helena Rodrigues Gomes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência que a precipitação e o uso e ocupação do solo da bacia exercem sobre a qualidade da água do ribeirão Espírito Santo (RES). Foram analisados parâmetros de qualidade da água medidos em dez campanhas amostrais em três pontos no RES. Calcularam-se os índices de qualidade da água e de conformidade de enquadramento de cada ponto. Analisou-se estatisticamente a influência do período chuvoso e seco, e do uso e ocupação do solo na qualidade da água. Na área menos urbanizada, com atividades agropecuárias predominantes, verificou-se maior influência da pluviosidade na variação de alguns parâmetros e, nas áreas mais urbanizadas, a pluviosidade apresenta menor importância frente ao lançamento de efluentes. Destaca-se que o RES apresenta pontos cuja qualidade da água está degradada, sendo que o ponto que apresenta a pior qualidade e maior desconformidade de enquadramento é aquele que se encontra mais próximo do distrito industrial.

 


Palavras-chave


Índice de qualidade da água. Índice de conformidade de enquadramento. Poluição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1983-1501.2020v22n1p35-51

Indexação e disseminação da Revista de Estudos Ambientais

 

Latindex: http://www.latindex.org  

Capes: www.periodicos.capes.gov.br

LivRe: http://portalnuclear.cnen.gov.br/livre/Inicial.asp

PKP: http://pkp.sfu.ca/node/3753