Dinâmica econômica mesorregional do setor agropecuário do estado do Ceará no período 2000-2015

##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2021v9n1p29-54

Resumo

A reestruturação produtiva alicerçada na inserção competitiva encontra na agropecuária do estado do Ceará sua reprodução como um dos signos da modernização econômica deste estado. Tal foi o suporte de condução da agricultura cearense nos últimos anos. Neste trabalho investiga-se a dinâmica econômica da agropecuária cearense durante o período de 2000 a 2015, considerando as suas distintas mesorregiões. Utilizou-se bancos de dados de órgãos oficiais públicos, como o IBGE. Os resultados mostram que as culturas frutícolas, como melão e melancia, obtiveram maior expansão, enquanto feijão e milho foram as culturas que mais arrefeceram em termos de área plantada e quantidade produzida. Na análise por mesorregião, as Mesorregiões Jaguaribe e Noroeste revelam-se como as de maior produção frutícola do estado, enquanto nos Sertões predomina a ovinocaprinocultura.
Publicado
Abr 16, 2021
Como citar
ALCÂNTARA MOURA, José Ediglê; DE LIMA JÚNIOR, Francisco do O'; ALVES, Denis Fernandes. Dinâmica econômica mesorregional do setor agropecuário do estado do Ceará no período 2000-2015. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 9, n. 1, p. 29-54, abr. 2021. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/8478>. Acesso em: 28 nov. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2021v9n1p29-54.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Ceará; dinâmica econômica mesorregional; modernização econômica; setor agropecuário.