Turismo de base comunitária e desenvolvimento sustentável em Urupema-SC

  • Adriana Murara Silva Universidade do Planalto Catarinense
  • Geraldo Augusto Locks Universidade do Planalto Catarinense
  • João Eduardo Branco de Melo Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Resumo

Neste artigo procurou-se identificar o conhecimento e a valorização do patrimônio comunitário, as práticas turísticas atuais sustentáveis e insustentáveis e o envolvimento com a política pública de turismo de representantes da sociedade civil e política de Urupema, no estado de Santa Catarina. A pesquisa que deu origem ao presente artigo foi qualitativa e se utilizou da técnica do Grupo de Discussão e da Análise de Conteúdo. Os referenciais teóricos para analisar as categorias de investigação provêm de diferentes paradigmas de turismo e desenvolvimento local. A pesquisa revelou discurso e práticas contraditórias no que tange à concepção de turismo, valorização do patrimônio comunitário e o papel do Estado local. Outrossim, afirmou a relevância do ethos cultural, expresso em atitudes de hospitalidade, acolhimento, solidariedade e cooperação vivenciados pela população local. Nesta perspectiva, o artigo propõe o Turismo de Base Comunitária, por seus valores serem concernentes à identidade socioeconômica local.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Jan 17, 2020
Como citar
SILVA, Adriana Murara; LOCKS, Geraldo Augusto; MELO, João Eduardo Branco de. Turismo de base comunitária e desenvolvimento sustentável em Urupema-SC. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 7, n. 2, p. 221-240, jan. 2020. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/7940>. Acesso em: 07 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2019v7n2p221-240.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Desenvolvimento sustentável; Estado local; política de turismo; turismo de base comunitária; Urupema.