Medidas de localização e especialização para as mesorregiões de Santa Catarina

  • Diogo Dalle Tese UNIOESTE-FB
  • Taíse Fátima Mattei Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas - PCE - da Universidade Estadual de Maringá. Mestra em Gestão e Desenvolvimento Regional pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) campus de Francisco Beltrão. Bacharela em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) campus de Francisco Beltrão.

Resumo

O estado de Santa Catarina tem importância no cenário nacional, com uma economia bastante diversificada e dinâmicas regionais impulsionadas, principalmente, pelo setor agroindustrial. O presente artigo apresenta uma proposta de estudo, visando caracterizar e analisar a localização e a especialização dos setores produtivos das mesorregiões do estado de Santa Catarina no período de 1999 a 2014. A metodologia utilizada foi a pesquisa exploratória com base quantitativa. De acordo com os dados obtidos, pode-se considerar que o setor agropecuário obteve maior destaque no Oeste catarinense, tanto em 1999 quanto em 2014. A indústria foi predominante e mais importante no Vale do Itajaí e Norte Catarinense, observando-se que, no Norte Catarinense, a indústria teve um desenvolvimento maior em 2014 que em 1999. No setor de serviços observou-se o predomínio do Vale do Itajaí em todo o período. Além disso, foi possível verificar que a agropecuária estava distribuída regionalmente de forma mais concentrada do que outros setores. E, por fim, comparando-se os anos, não houve mudanças significativas nos padrões de localização e produção nas mesorregiões de Santa Catarina.

Publicado
Jan 17, 2020
Como citar
DALLE TESE, Diogo; MATTEI, Taíse Fátima. Medidas de localização e especialização para as mesorregiões de Santa Catarina. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 7, n. 2, p. 195-220, jan. 2020. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/7590>. Acesso em: 23 maio 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2019v7n2p195-220.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Medidas de especialização; medidas de localização; mesorregiões; perfil produtivo; Santa Catarina.