Formação socioeconômica de Blumenau: uma análise sob múltiplas escalas

  • Vanessa Follmann Jurgenfeld UFVJM/UNICAMP

Resumo

O objetivo deste artigo é, a partir de uma análise sob múltiplas escalas, discutir a formação socioeconômica de Blumenau. No marco teórico das múltiplas escalas, uma realidade social é estudada a partir de diferentes determinantes históricos, percorrendo desde a escala global até a escala local, evitando pesos excessivos a uma endogenia local, muito presente em análises regionais neoclássicas. Trata-se aqui de entender a formação socioeconômica de Blumenau não somente a partir do que ocorre no restrito espaço de Blumenau, mas também nas suas relações com o Estado de Santa Catarina, com o Brasil, com a Alemanha e com o capitalismo global. O período histórico compreendido por este artigo vai de 1850, quando se inicia a colonização de Blumenau, até 1945, quando há uma consolidação do setor industrial na localidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Ago 13, 2018
Como citar
JURGENFELD, Vanessa Follmann. Formação socioeconômica de Blumenau: uma análise sob múltiplas escalas. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 5, n. 3, p. 005-030, ago. 2018. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/6510>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2017v5n3p005-030.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Blumenau; formação socioeconômica; múltiplas escalas.