Expansão da cultura de soja, infraestrutura viária e desenvolvimento regional: a BR 158 e o Vale do Araguaia Mato-Grossense entre 1990 e 2010

  • Margot Riemann Costa e Silva
  • Carlos Leão
  • Rosenilda Maria de Morais Silva
  • Aline dos Santos Sousa

Resumo

O presente artigo relata pesquisa de indicadores de desenvolvimento regional no Vale do Araguaia Mato-grossense, a mesorregião Nordeste Mato-grossense, considerando o período de 1990 e 2010. A região é cortada pela BR 158, atualmente, um dos principais vetores da acelerada expansão do cultivo de soja para o interior do bioma amazônico. O forte avanço da produção de soja repercutiu em crescimento econômico acima das médias do estado do Mato Grosso e, também, do país. Entretanto, chama-se atenção para o fato de que os indicadores produtivos e sociais não acompanharam este movimento: as taxas de pobreza seguiram elevadas, aumentou o descompasso entre os diferentes setores produtivos (com forte retração da indústria) e se manteve significativa a defasagem da em relação às médias estaduais e nacionais em todos os estratos.

Código JEL | O13; O18; Q13.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 8, 2016
Como citar
SILVA, Margot Riemann Costa e et al. Expansão da cultura de soja, infraestrutura viária e desenvolvimento regional: a BR 158 e o Vale do Araguaia Mato-Grossense entre 1990 e 2010. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 135-159, abr. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5444>. Acesso em: 05 dez. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p135-159.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Cultura da soja; desenvolvimento regional; indicadores sociais; infraestrutura; Mato Grosso.