Nova ruralidade e o modelo de desenvolvimento no bioma Cerrado: as várias “marchas” para o Oeste do Brasil

  • Pedro Araújo Pietrafesa
  • José Paulo Pietrafesa

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de analisar como as atividades rurais levadas a efeito no Centro-Oeste contribuíram para o desenvolvimento da região. O trabalho parte do pressuposto de que o setor agroindustrial colaborou não só para a ocupação do interior do Brasil, mas também para a urbanização dos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além disso, a política de desenvolvimento regional esteve inserida, durante as décadas de 1960 a 1980, num contexto nacional de substituição de importações. No período recente, os estados do Centro-Oeste vêm experimentando a expansão do complexo industrial sucroenergético, consubstanciando uma “nova marcha para o Oeste brasileiro”. Neste ultimo caso, conta-se com a concessão de novos incentivos fiscais e com a disponibilidade de recursos orçamentários para a instalação e consolidação do setor.

Código JEL | O13; Q13; R58.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 8, 2016
Como citar
PIETRAFESA, Pedro Araújo; PIETRAFESA, José Paulo. Nova ruralidade e o modelo de desenvolvimento no bioma Cerrado: as várias “marchas” para o Oeste do Brasil. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 073-092, abr. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5441>. Acesso em: 05 dez. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p073-092.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Centro-Oeste; Cerrado; desenvolvimento regional; marcha para o Oeste; setor agroindustrial.