Desafios da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste no Cerrado

  • Jeferson de Castro Vieira

Resumo

Este artigo analisa a importância da construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) para a economia do Cerrado. Destaca a evolução do transporte ferroviário brasileiro e sua retomada no contexto atual do desenvolvimento econômico do país. Enfatiza a programação de investimentos em infraestrutura no Brasil, que precisa ser muito bem definida do ponto de vista econômico e social para minorar numerosos pontos de estrangulamento do desenvolvimento nacional. Apresenta a construção da FICO e de sua integração com as malhas ferroviárias brasileiras como contribuição para o aumento e o escoamento da produção agropecuária desta parte da região do Centro-Oeste. Por fim, recomenda uma agenda de desenvolvimento regional que possa integrar, de forma eficiente, a ferrovia com as forças produtivas e sociais da região em questão.

Código JEL | L92; O18; R58.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 8, 2016
Como citar
VIEIRA, Jeferson de Castro. Desafios da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste no Cerrado. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 055-072, abr. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5440>. Acesso em: 05 dez. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p055-072.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Centro-Oeste; cerrado; desenvolvimento regional; Ferrovia de Integração do Centro-Oeste.