O Centro-Oeste brasileiro e suas transformações econômicas de 1970 a 2012

  • Marcos Bittar Haddad
  • Rafael Pastre

Resumo

O Centro-Oeste é a região brasileira que compreende o Brasil Central. É a segunda região brasileira menos povoada. Sua vegetação é predominantemente composta pelo ecossistema Cerrado. A região é detentora de importante reserva de água doce e concentra as nascentes de rios pertencentes às principais bacias hidrográficas da América do Sul. Politicamente, o Centro-Oeste é a sede das decisões político-administrativas do país, por abrigar o Distrito Federal. Após o declínio da mineração, a região se converteu à exploração da pecuária e da agricultura extensivas. Recentemente, tem se tornado a grande produtora de grãos do Brasil e sede de várias agroindústrias. Esse período de maiores transformações na região iniciou-se pelo avanço da economia cafeeira paulista. A sua ocupação econômica deu-lhe condição específica na divisão territorial do trabalho, como produtora de alimentos e matérias primas para populações e indústrias do Sudeste. Esse processo é discutido no presente artigo. Ao final aportam-se informações obtidas em pesquisa de campo e realiza análise geral do processo de evolução demográfica da região estudada, particularizando os seus três estados.

Código JEL | J43; O18; Q13.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 8, 2016
Como citar
HADDAD, Marcos Bittar; PASTRE, Rafael. O Centro-Oeste brasileiro e suas transformações econômicas de 1970 a 2012. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 033-054, abr. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5439>. Acesso em: 05 dez. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p033-054.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Agroindústria; Centro-Oeste; desenvolvimento regional; dinâmicas produtivas; transformações econômicas.