A evolução das políticas agrícolas: uma perspectiva global de longo prazo

  • Niek Koning
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p005-032

Resumo

Este artigo apresenta uma interpretação resumida da evolução das políticas agrícolas ao longo de diferentes períodos e em diferentes partes do mundo. Começando no período pré-industrial, quando o crescimento da população ainda provocou elevação nos preços agrícolas, vai-se em direção ao final do século XIX, quando a Revolução Industrial trouxe uma mudança de regime em mercados agrícolas internacionais, dando a escassez crônica lugar a recorrentes excessos de oferta. Sob esta nova condição, o progresso agrícola tornou-se cada vez mais dependente do apoio governamental, em especial à agricultura familiar. Daí que se pesquisa as respostas de políticas a essa mudança em diferentes regiões e as suas consequências para o desenvolvimento. O artigo conclui com uma discussão sobre a possibilidade de que o aumento da concorrência entre alimentos, ração e combustível cause um retorno à escassez nos mercados agrícolas internacionais no futuro e a necessidade de políticas que tornem possível a segurança alimentar e o crescimento sustentável pró-pobre.

Código JEL | N50; Q18; Q58.

Publicado
Abr 8, 2016
##submission.howToCite##
KONING, Niek. A evolução das políticas agrícolas: uma perspectiva global de longo prazo. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 3, n. 2, p. 005-032, abr. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5438>. Acesso em: 26 out. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2015v3n2p005-032.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Crescimento pró-pobre; políticas agrícolas; segurança alimentar.