Perspectivas de ecodesenvolvimento: o caso de Guaraqueçaba-PR

  • José Carlos Muniz UFPR - Setor Litoral
  • Valdir Frigo Denardin UFPR Setor Litoral

Resumo

A região de Guaraqueçaba, no litoral paranaense, reconhecida mundialmente pelos exuberantes atrativos naturais que a configuram como Reserva da Biosfera, Patrimônio Natural da Humanidade, e exibindo características do patrimônio cultural brasileiro, essa região, enfim, enfrenta, há décadas, sérias restrições em termos sociais, que a marcam com um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado do Paraná. Aproveitando-se deste cenário, frequentemente, são fortalecidas e enfatizadas discussões referentes ao desenvolvimento da região. O presente artigo procurou identificar, em Guaraqueçaba, no plano de governo da Gestão Municipal 2012-2016, propostas que contemplassem o desenvolvimento da região, com base nos pressupostos do ecodesenvolvimento. Os resultados indicam um conjunto de ações que contribuiriam para a redução das desigualdades sociais e a manutenção da cultura local, aliados à conservação dos recursos naturais do território, ações que podem ser financiadas com recursos oriundos do ICMS Ecológico.

Código JEL | O15; Q56; R59.
Publicado
Set 22, 2016
Como citar
MUNIZ, José Carlos; DENARDIN, Valdir Frigo. Perspectivas de ecodesenvolvimento: o caso de Guaraqueçaba-PR. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 4, n. 1, p. 227-246, set. 2016. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/5299>. Acesso em: 22 maio 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2016v4n1p227-246.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Crescimento; desenvolvimento; ecodesenvolvimento; gestão pública; Guaraqueçaba-PR.