Evolução do cultivo da cana-de-açúcar na região Centro-Oeste do Brasil

  • Martin Airton Wissmann PGDRA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio - Unioeste/Toledo-Pr (Doutorado)
  • Graciela Cristine Oyamada PGDRA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio - Unioeste/Toledo-Pr (Doutorado)
  • Claudia Cristina Wesendonck PGDRA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio - Unioeste/Toledo-Pr (Doutorado)
  • Pery Francisco Assis Shikida PGDRA - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (Doutorado) e Programa de Pós-Graduação em Economia da UNIOESTE/Toledo-PR (Mestrado).
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2014v2n1p095-117

Resumo

Este trabalho analisa a evolução do cultivo da cana-de-açúcar nos estados da região Centro-Oeste do Brasil (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), de 2003/04 a 2013/14, e classifica as Mesorregiões de cada estado de acordo com a intensidade de crescimento (expansão ou retração da área plantada), por meio do cálculo de quartis da taxa de crescimento da área plantada com cana-de-açúcar, seguindo a metodologia adaptada de Feltre e Paulillo (2012). Os resultados apontaram que na região Centro-Oeste houve proximidade geográfica entre as Mesorregiões com Crescimento Elevado nos estados de Goiás e Mato Grosso, enquanto que as com Crescimento Negativo ou Inexpressivo – uma no Mato Grosso e outra no Mato Grosso do Sul – estão situadas em Mesorregiões que foram diretamente atingidas pelas regras do Zoneamento Agroecológico da Cana-de-Açúcar (ZAE Cana). Em Goiás e Mato Grosso do Sul, três Mesorregiões apresentaram Crescimento Elevado ou Moderado, justificado pela proximidade com o estado de São Paulo, maior produtor de cana-de-açúcar do país.

Código JEL | O13; Q13; R11.

Publicado
Mar 20, 2014
Como citar
WISSMANN, Martin Airton et al. Evolução do cultivo da cana-de-açúcar na região Centro-Oeste do Brasil. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, v. 2, n. 1, p. 095-117, mar. 2014. ISSN 2317-5443. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/rbdr/article/view/4165>. Acesso em: 03 dez. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2014v2n1p095-117.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Cana-de-açúcar; intensidade de crescimento; região Centro-Oeste.