O OLHAR DOCENTE SOBRE A DANÇA

  • Sandy Silveira FURB
  • Caroline Carvalho
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/2236-6644.2021v26n1p144-158

Resumo

O OLHAR DOCENTE SOBRE A DANÇA

 

Sandy Silveira - FURB.

Graduanda em dança pela Universidade Regional de Blumenau, cursando a sétima fase do curso. sandysilvleira592@gmail.com

Caroline Carvalho- FURB.

Caroline Carvalho é Doutoranda em Educação pela UFPR. Mestre em Educação pela UNIVALI. Graduada em Bacharelado e Licenciatura em Teatro pela FURB. Professora e Coordenadora do Curso de Licenciatura em Teatro da FURB. Pesquisadora do grupo de Pesquisa Arte e Estética na Educação do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da FURB. Integrante da Linha de Pesquisa Linguagem, Corpo e Estética do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da UFPR. Escritora de literatura para a infância com quatro títulos publicados e duas premiações.

 

 

RESUMO

 

O presente estudo exploratório efetiva-se por meio de uma pesquisa qualitativa, que oportuniza análises de dados coletados atrávez de entrevistas realizadas com três professoras educacionais infantis de uma rede de ensino privada localizada na cidade de Gaspar – SC. Tendo como enfoque, oportunizar possíveis costuras de dialogos entre teorias e práticas educacionais e suas relações com o movimento corporal na ainfância. Contudo, o presente estudo propõe a utilização da comunicação não verbal – linguagem corporal - como ferramenta facilitadora do processo de aprendizagem das crianças pequenas, oferecendo e defendendo a dança como utensilio metodológico agregador, sendo compreendida como uma grande aliada no que diz respeito a preocupação com o desenvolvimento da criança.

 

Palavras-chave: Infância. Dança. Aprendizagem. Educação infantil.


 

 

Publicado
Jul 22, 2021
Como citar
SILVEIRA, Sandy; CARVALHO, Caroline. O OLHAR DOCENTE SOBRE A DANÇA. O Teatro Transcende, [S.l.], v. 26, n. 1, p. 144-158, jul. 2021. ISSN 2236-6644. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/oteatrotranscende/article/view/10232>. Acesso em: 03 dez. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/2236-6644.2021v26n1p144-158.