A NOSTALGIA COMO REFÚGIO DE UM PRESENTE DECADENTE EM O JARDIM DAS CEREJEIRAS DE TCHEKHOV

  • Analice de Sousa Gomes Programa de Pós Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal de Goiás
  • Renata Rocha Ribeiro Docente do Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. Área de concentração: Estudos Literários

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo destacar a composição temática e formal da Comédia O Jardim das Cerejeiras de Tchekhov. Inicialmente nos situamos quanto ao contexto histórico da Rússia no final do século XIX, momento social de transformações e marcado por um deslocamento abrupto do indivíduo, que não mais reconhece o lugar onde está social e psicologicamente, mantendo-o em completa inação e distante das relações intersubjetivas, isto é, entregue num estado de renúncia e nostalgia. Logo após, propõe-se a identificação do tipo de realismo que permeia a construção dramática da obra, compreendendo o jogo irônico de Tchekhov para a representação do contexto sócio-histórico vigente em sua época, que assinala sua produção e contribui para a crise formal do drama moderno. O trabalho analisa como o sentimento nostálgico de uma família aristocrática em decadência que, funciona como temática da peça, se precipita e determina a forma desta Comédia: a renúncia ao diálogo e ao presente, bem como, a inação predominante na construção das personagens. Deste modo, por se caracterizar como uma pesquisa bibliográfica, nos baseamos nos pressupostos teóricos de Szondi (2001/2011), Lima (2010), Bornheim (2007), Sachs (2011), Gonçalves (2011), dentre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 26, 2016
Como citar
GOMES, Analice de Sousa; RIBEIRO, Renata Rocha. A NOSTALGIA COMO REFÚGIO DE UM PRESENTE DECADENTE EM O JARDIM DAS CEREJEIRAS DE TCHEKHOV. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 242-256, abr. 2016. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/5354>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2016v10n1p242-256.
Seção
Artigos

Palavras-chave

O Jardim das Cerejeiras; Nostalgia; Renúncia; Realismo; o gênero dramático