O DISCURSO LITERÁRIO SOBRE AS MASCULINIDADES NOS ANOS 1970: DUAS CRÔNICAS DE LUIS FERNANDO VERISSIMO

  • Luiz Carlos Simon Universidade Estadual de Londrina

Resumo

O artigo pretende examinar, sob a perspectiva das masculinidades, parte da produção literária brasileira antes da maior difusão da temática como objeto de estudos e de sua circulação nas diversas expressões da vida cultural. Para favorecer essa avaliação, é feito um levantamento dos últimos quarenta anos quanto aos debates acadêmicos sobre o assunto, autores brasileiros, como Xico Sá e Carpinejar, que escreveram textos nos quais a questão se destaca, e programas televisivos que enfatizam particularidades do comportamento masculino contemporâneo. A análise está concentrada em duas crônicas de Luis Fernando Verissimo escritas e publicadas ainda no início de sua carreira, nos anos 1970, para permitir uma melhor compreensão do retrato de homens construído pelo autor antes da disseminação maior da questão verificada no século XXI. Os resultados, com base na articulação de uma leitura em busca do perfil das masculinidades apresentado nos textos com a investigação sobre o material teórico em torno do assunto, apontam para uma visão crítica e irônica sobre práticas masculinas já naquele tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 26, 2016
Como citar
SIMON, Luiz Carlos. O DISCURSO LITERÁRIO SOBRE AS MASCULINIDADES NOS ANOS 1970: DUAS CRÔNICAS DE LUIS FERNANDO VERISSIMO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 226-241, abr. 2016. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/5353>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2016v10n1p226-241.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Linguagens; Letras; Comunicação