MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO ESTÉTICA NO CAMPO DA ARTE E DA EDUCAÇÃO

  • Silvia Paulo FURB
  • Rita Buzzi Rausch FURB

Resumo

Nesse texto argumentamos sobre o método de investigação estética e como esse método pode tencionar as pesquisas em Arte e Educação. Objetiva caracterizar os princípios teóricos e metodológicos que fundamentam as pesquisas que se utilizam do método de investigação estética na arte e na Educação. De cunho qualitativo, realizamos umapesquisa bibliográfica envolvendo as ideias de teóricos que tratam do assunto: Vallance (1991), Eisner (1976; 2008),Dewey (1980; 2005) e Vygotsky (1999). Os resultados apontam que diante dos princípios teóricos as pesquisam que se utilizam do método de investigação estética são vistas como um método sensível para um trabalho sensível; conseguem suprir o pesquisador com um conjunto de princípios e experiências que forma as reações aos problemas educacionais e estimula uma discussão inteligente sobre eles; é uma crítica que faz parte de contexto e perspectiva daquilo que se sente, vê e ouve e é uma experiência estética que deve conter uma emoção. Diante dos princípios metodológicos as pesquisas são qualitativas, com uma perspectiva sensível que outros meios não dão conta; busca identificar padrões, equilíbrios e desequilíbrios, ritmos, enfim, quaisquer qualidades advindas da experiência que podem dar cor a cada julgamento da situação; pode ter todas as tipicidades que encontramos em qualquer outra pesquisa educacional. Outro fator relevante a destacar sobre os resultados são que as técnicas de observação e descrição derivam dos seguintes tópicos: ênfase seletiva, símile e metáfora, comparação incidental, técnica implícita e adjetivos redundantes. Tópicos esses que podem ser utilizados em uma pesquisa educacional como categorias de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Nov 23, 2015
Como citar
PAULO, Silvia; RAUSCH, Rita Buzzi. MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO ESTÉTICA NO CAMPO DA ARTE E DA EDUCAÇÃO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 9, n. 3, p. 393-408, nov. 2015. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/5126>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2015v9n3p393-408.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Método de investigação estética. Arte. Educação. Estética.