PROVOCAÇÕES GEOGRÁFICAS: A NATUREZA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

  • Marquessuel Dantas de Souza Faculdade de São Paulo. São Paulo-SP

Resumo

O presente texto apresenta de maneira breve e introdutória uma interpretação filosófica e mitológica, assim entendida, sobre a ideia de Natureza nos estudos geográficos. Com efeito, delineando um olhar outro sobre o mundo, principalmente no processo de alfabetização. Para tanto, quase metafórica e poeticamente a Natureza aparecerá como aquilo indissociável ao homem. Não obstante, constituindo uma espécie de provocação geográfica uma vez que lida com pensamentos audaciosos quando voltado para a ideia de Educação na Geografia. Entrementes, tendo como fio condutor a obra O Círculo e a Espiral, do geógrafo Ruy Moreira.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Nov 23, 2015
Como citar
SOUZA, Marquessuel Dantas de. PROVOCAÇÕES GEOGRÁFICAS: A NATUREZA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 9, n. 3, p. 299-310, nov. 2015. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/4839>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2015v9n3p299-310.
Seção
Artigos