A METAFICÇÃO HISTORIOGRÁFICA EM MEMORIAL DO CONVENTO, DE JOSÉ SARAMAGO

  • Raimundo Expeditos dos Santos Sousa Universidade Federal de São João del-Rei
  • Cristofane da Silveira Queiroz Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Memorial do Convento constitui uma importante reflexão sobre o passado histórico da sociedade portuguesa do século XVIII e seu impacto nos dias de hoje. Sabe-se que o autor, José Saramago, concebe a ficção a partir do registro da história. Desta forma, examinamos neste trabalho como o escritor trata a história no cerne da estética literária, resgatando-a criticamente e subvertendo-a, ou seja, lidando com a história de modo meta-ficcional numa obra exponencial da narrativa pós-moderna.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 26, 2016
Como citar
SOUSA, Raimundo Expeditos dos Santos; QUEIROZ, Cristofane da Silveira. A METAFICÇÃO HISTORIOGRÁFICA EM MEMORIAL DO CONVENTO, DE JOSÉ SARAMAGO. Linguagens - Revista de Letras, Artes e Comunicação, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 197-213, abr. 2016. ISSN 1981-9943. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/linguagens/article/view/4784>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1981-9943.2016v10n1p197-213.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Pós-modernismo; José Saramago; Metaficção Historiográfica.