A QUÍMICA VERDE COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO E APRENDIZAGEM NO BRASIL / GREEN CHEMISTRY AS A TEACHING AND LEARNING STRATEGY IN BRAZIL

  • Rafael Santos Nardotto Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP Cornélio Procópio (PPGEN)
  • Marlize Spagolla Bernardelli UENP - CORNÉLIO PROCÓPIO (PPGEN) Profª. Drª. Marlize Spagolla Bernardelli, professora do programa Stricto Sensu Mestrado em Ensino PPGEN
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/1982-4866.2019v25n2p173-186

Resumo

Preocupações com tecnologia limpa e processos químicos serem ambientalmente benignos passaram a ser discutidos, assim esta ideia reverberou em empresas, governos e sociedade de consumo inclusive no ensino e aprendizagem de Química. Com o objetivo de analisar a produção científica referente ao ensino e estratégias para aprendizagem com o apoio no conceito de Química Verde (QV), foi proposta, uma Revisão Sistemática de Literatura de Kitchenham et al.; Pai et al. (2004), no período de 2002 a 2018 A pesquisa na plataforma Sucupira, em títulos de língua portuguesa, foram reportados 942 trabalhos em revistas e 181 nos periódicos CAPES. Contudo, mesmo ampliando-se a busca à outras línguas obtiveram-se total de 22 trabalhos relevantes. Desse modo, entender o porquê destes resultados e propor encaminhamentos futuros, desenvolver novas sequências didáticas a fim de auxiliar o árduo trabalho do professor e de propor expectativas significativas de aprendizagem.

Publicado
Out 22, 2019
##submission.howToCite##
NARDOTTO, Rafael Santos; BERNARDELLI, Marlize Spagolla. A QUÍMICA VERDE COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO E APRENDIZAGEM NO BRASIL / GREEN CHEMISTRY AS A TEACHING AND LEARNING STRATEGY IN BRAZIL. Revista Dynamis, [S.l.], v. 25, n. 2, p. 173-186, out. 2019. ISSN 1982-4866. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/dynamis/article/view/8158>. Acesso em: 24 out. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1982-4866.2019v25n2p173-186.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Alternativa de ensino. Química Verde. Revisão Sistemática.