LABORATÓRIO DE EDUCAÇAO MATEMÁTICA: ESPAÇO PARA FORMAÇÃO CRÍTICA DOS FORMADORES, DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO E DE FUTUROS PROFESSORES

  • Paula Andrea Grawieski Civiero Instituto Federal Catarinense
  • Fátima Peres Zago de Oliveira Instituto Federal Catarinense http://orcid.org/0000-0002-9114-8611
  • Morgana Scheller Instituto Federal Catarinense
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.7867/1982-4866.2017v23n1p22-39

Resumo

Este artigo apresenta uma análise reflexiva a respeito do Laboratório de Educação Matemática (LEM) no contexto do Instituto Federal Catarinense. Para tanto, a partir dos pressupostos da criação dos Institutos Federais e do curso de Licenciatura em Matemática, bem como das concepções e finalidade dos Laboratórios na literatura brasileira, busca-se explicitar uma proposta deste espaço para a formação crítica docente. A análise permitiu identificar que, ao longo da história, várias são as concepções de LEM e, na atualidade, as propostas orientam para que se contemplem atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. A partir da descrição da concepção de LEM como espaço de formação crítica, o estudo sugere que tal concepção venha a oferecer contribuições mais significativas para a formação de professores, na busca de superação da racionalidade técnica.

Publicado
Jan 28, 2018
Como citar
GRAWIESKI CIVIERO, Paula Andrea; OLIVEIRA, Fátima Peres Zago de; SCHELLER, Morgana. LABORATÓRIO DE EDUCAÇAO MATEMÁTICA: ESPAÇO PARA FORMAÇÃO CRÍTICA DOS FORMADORES, DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO E DE FUTUROS PROFESSORES. Revista Dynamis, [S.l.], v. 23, n. 1, p. 22-39, jan. 2018. ISSN 1982-4866. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/dynamis/article/view/6539>. Acesso em: 09 dez. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1982-4866.2017v23n1p22-39.

Palavras-chave

Formação inicial e continuada; Educação crítica; Laboratório de Matemática