O CONSTRUCTO TEÓRICO DE REUVEN FEUERSTEIN: ASPECTOS SOBRE A MODIFICABILIDADE COGNITIVA ESTRUTURAL E A EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM MEDIADA

Resumo

Esta investigação apresenta alguns aspectos teórico-conceituais das ideias de Reuven Feuerstein, explorando as concepções, definições e características da Modificabilidade Cognitiva Estrutural (MCE) e da Experiência de Aprendizagem Mediada (EAM). Assumimos uma abordagem metodológica qualitativa na perspectiva da pesquisa bibliográfica. A base teórica de Feuerstein consiste na MCE, que se baseia na crença da plasticidade e modificabilidade da cognição, assumindo que a inteligência humana é modificável. Esse conceito depende da EAM, a qual pressupõe a mediação da aprendizagem como sendo um tipo de interação intencional e planejada do professor que age entre as fontes externas de estímulo e o aluno. Assim, a aprendizagem humana é possibilitada por meio da ação de um mediador, que busca provocar modificações cognitivas nos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Mar 24, 2022
Como citar
ALMEIDA, Willa Nayana Corrêa; MALHEIRO, João Manoel da Silva. O CONSTRUCTO TEÓRICO DE REUVEN FEUERSTEIN: ASPECTOS SOBRE A MODIFICABILIDADE COGNITIVA ESTRUTURAL E A EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM MEDIADA. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 17, n. 1, p. e9324, mar. 2022. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/9324>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-03542022e9324.

Palavras-chave

Modificabilidade Cognitiva Estrutural. Experiência de Aprendizagem Mediada. Reuven Feuerstein