O DISCURSO DE JOAN MIRÓ SOBRE A CRIAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

Este artigo tem por objetivos examinar o discurso de Joan Miró sobre a criação e refletir acerca de suas contribuições para a formação do professor na atualidade. A análise retórica é o referencial metodológico adotado para o estudo do discurso mironiano, com destaque para o uso da metáfora do cultivo. Os resultados mostram a criação como processo que envolve o encontro com a natureza e a cultura, as trocas dialógicas, a problematização e a investigação. A recontextualização do conceito mironiano de criação nas discussões sobre formação de professores e sobre profissionalidade enseja o desenvolvimento de uma docência pedagógico-artística, criativa, erigida em meio à unidade estética, entre trocas decorosas e kairóticas, possibilitando questionamentos, reflexões e transformações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Mar 24, 2022
Como citar
ANDRADE, Erika Natacha Fernandes de; COFFACCI, Enmilly da Costa. O DISCURSO DE JOAN MIRÓ SOBRE A CRIAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 17, n. 1, p. e9193, mar. 2022. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/9193>. Acesso em: 02 out. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-03542022e9193.

Palavras-chave

Análise retórica. Joan Miró. Formação de professores.