APRENDIZ-ALTERNATIVA/O: O TIPO DE ESTUDANTE PRODUZIDA/O E DEMANDADA/O EM ESCOLAS ALTERNATIVAS

  • Shirlei Rezende Sales Universidade Federal de Minas Gerais
  • Paula Myrrha Ferreira Lança Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Este artigo traz parte dos resultados de uma pesquisa cujo objetivo foi entender os modos como três escolas alternativas definem sua oposição a escolas tradicionais. Aqui, analisamos que tipo de aprendiz é demandada/o nessas escolas, utilizando como metodologia a pesquisa documental, em articulação com a análise do discurso de inspiração foucaultiana. As principais referências teóricas foram autoras/es pós-estruturalistas como Foucault e do campo curricular pós-crítico, como Sandra Corazza e Tomaz Tadeu da Silva. Observou-se que nos documentos curriculares das escolas analisadas produz-se uma posição de sujeito que denominamos como aprendiz-alternativa/o, que é condição para que as propostas pedagógicas dessas escolas alternativas se efetivem. 

Publicado
Out 1, 2020
Como citar
REZENDE SALES, Shirlei; MYRRHA FERREIRA LANÇA, Paula. APRENDIZ-ALTERNATIVA/O: O TIPO DE ESTUDANTE PRODUZIDA/O E DEMANDADA/O EM ESCOLAS ALTERNATIVAS. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 15, n. 3, p. 929-949, out. 2020. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/8208>. Acesso em: 22 maio 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2020v15n3p929-949.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Aprendiz-alternativa/o; documentos curriculares; escolas alternativas.