FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM MUSEUS DE CIÊNCIAS: CONSTRUINDO O ESTADO DA QUESTÃO

Resumo

Este artigo objetiva apresentar o Estado da Questão sobre a formação de professores em museus de ciências, incorporado à produção científica nacional. O levantamento foi realizado em anais de um evento científico da área de Ciências, periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD). É consenso nas pesquisas que a mediação em museus de ciências é categoria central para compreender o museu como equipamento agregador à formação por conferir conhecimento em Educação. Os dados sinalizam a formalização de parceria entre museus de ciências e universidade, com o propósito de potencializar o diálogo entre saberes científicos e pedagógicos nos diversos contextos de aprendizagem de ciências.

Publicado
Out 1, 2020
Como citar
DA SILVA, Maria Cleidiane Barbosa; MAIA LEITE, Raquel Crosara. FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM MUSEUS DE CIÊNCIAS: CONSTRUINDO O ESTADO DA QUESTÃO. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 15, n. 3, p. 695-717, out. 2020. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/8044>. Acesso em: 22 maio 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2020v15n3p695-717.
Seção
Artigos

Palavras-chave

formação de professores; mediação; museus de ciências.