CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOCENTES NA FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR E ESCRITOR

  • Dienifer Zaider Penteado Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO-PR
  • Ângela Helena Bona Josefi Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO-PR http://orcid.org/0000-0002-8669-7229

Resumo

Este trabalho objetivou analisar as práticas de ensino desenvolvidas no processo de alfabetização e sua influência na formação de escritores e leitores. Observou-se a relação entre o que se propõe na sala de aula e como se expressam as concepções de ensino e aprendizagem no discurso dos professores. A pesquisa foi orientada por uma abordagem qualitativa interpretativa, e realizada em uma escola municipal de Guarapuava-PR, mediante  entrevistas e observações de aulas, por um ano, envolvendo professoras do 1º ano do ensino fundamental. Constatou-se uma distorção entre a concepção interacionista, dos discursos das professoras, e a sua prática mecanicista, que prejudica a formação do usuário da lingagem escrita.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Out 10, 2018
Como citar
ZAIDER PENTEADO, Dienifer; BONA JOSEFI, Ângela Helena. CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOCENTES NA FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR E ESCRITOR. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 319-347, out. 2018. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/6278>. Acesso em: 01 jul. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2018v13n2p319-347.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Alfabetização; linguagem escrita; saberes docentes; prática pedagógica.