O ENSINO DE LÓGICA ARTISTOTÉLICA NO ENSINO MÉDIO: UMA ABORDAGEM METODOLÓGICA SEGUNDO REFERENCIAIS VYGOTSKIANOS

  • Amauri Carboni Bitencourt Instituto Federal Catarinense - campus Rio do Sul
  • Solange Aparecida de Oliveira Hoeller IFC - campus Rio do Sul

Resumo

A lógica aristotélica é uma maneira de melhorarmos as formas de raciocínio, tanto da escrita quanto da oral. Abordamos este tema nos terceiros anos do ensino médio integrado de um Instituto Federal, mais especificamente nos cursos de Agropecuária, em 2015 e 2016. O objetivo foi possibilitar ao educando refletir, argumentar, escrever e falar de modo mais eficaz. Para tanto, consideramos como abordagem metodológica alguns referenciais da teoria vygotskiana (funções psicológicas superiores e a internalização destas; conceitos espontâneos e conceitos científicos; a mediação e a interação). O ensino de lógica aristotélica no ensino médio pode ser abordado segundo os referenciais teóricos tomados, pois permitem tratar e aprimorar o pensamento lógico formal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Out 10, 2018
Como citar
BITENCOURT, Amauri Carboni; HOELLER, Solange Aparecida de Oliveira. O ENSINO DE LÓGICA ARTISTOTÉLICA NO ENSINO MÉDIO: UMA ABORDAGEM METODOLÓGICA SEGUNDO REFERENCIAIS VYGOTSKIANOS. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 412-427, out. 2018. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/5809>. Acesso em: 01 jul. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2018v13n2p412-427.
Seção
Práticas Pedagógicas

Palavras-chave

Ensino Médio. Lógica Aristotélica. Referenciais vygotskianos.