O SUJEITO, O DIZER, A INTERPRETAÇÃO: IDENTIDADE EM CRISE

  • Maria Marta Furlanetto UNISUL

Resumo

Este ensaio apresenta uma reflexão sobre o funcionamento da linguagem em nossa sociedade, a partir do Dicionário do brasileiro de bolso, de Teixeira Coelho (1991), que examina expressões da língua portuguesa em uso no contexto social brasileiro dos anos 1964-1990, procurando entender o mecanismo ideológico de composição e sentido de um conjunto de 350 expressões. A partir daí, explora aspectos do processo de construção de sentido e de compreensão, articulando esses elementos com a formação da nacionalidade e da cidadania, focalizando alguns aspectos do contraste entre unidade lingüística e diversidade na língua portuguesa do Brasil. Finalmente, mostra a pertinência das diretrizes da Proposta Curricular de Santa Catarina para a formação de professores e da cidadania através da compreensão e do uso crítico da língua portuguesa.

Palavras-chave: discurso; sentido; cidadania; Proposta Curricular.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como citar
FURLANETTO, Maria Marta. O SUJEITO, O DIZER, A INTERPRETAÇÃO: IDENTIDADE EM CRISE. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 207-229, dez. 2007. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/576>. Acesso em: 04 dez. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2007v2n2p207-229.

Palavras-chave

discurso; sentido; cidadania; Proposta Curricular.