NO LIMIAR DO FUTURO A ÉTICA PODE SER UM VETOR INDISPENSÁVEL PARA DISCUTIR A EDUCAÇÃO AMBIENTAL?

  • Renel Prospere Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI
  • Arnaldo Nogaro Doutor em Educação pela UFRGS e é professor da URI de Erechim e do programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) Campus de Frederido Westphalen.
  • Cláudia Battestin Professora do Programa de Pós graduação em Educação da Unochapecó

Resumo

 

O presente artigo de natureza bibliográfica, busca abordar a ética e inseri-la como um vetor importante para discutir a questão de educação ambiental no âmbito atual. A ética nas relações cotidianas é imprescindível. Ela também se relaciona na sociedade no campo da economia, da política, da cultura e da natureza. Portanto, o objetivo deste trabalho visa mostrar, a importância da revisão e ampliação dos valores éticos para que possamos pensar em uma educação ambiental que tenha enquanto meta estimular o pensamento crítico e inovador, no seu espaço e tempo, tanto na perspectiva formal quanto na não formal. Tal educação deve gerar mudanças de pensamento e nas atitudes dos indivíduos em relação à natureza. Contudo, almeja-se que só uma mudança de paradigma de comportamento pode trazer essa mudança. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Out 10, 2018
Como citar
PROSPERE, Renel; NOGARO, Arnaldo; BATTESTIN, Cláudia. NO LIMIAR DO FUTURO A ÉTICA PODE SER UM VETOR INDISPENSÁVEL PARA DISCUTIR A EDUCAÇÃO AMBIENTAL?. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 254-270, out. 2018. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/5746>. Acesso em: 01 jul. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2018v13n2p254-270.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Educação Ambiental. Ética. Responsabilidade. Sociedade.