PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM SALAS DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS: POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

  • Jáima Pinheiro de Oliveira Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista (UNESP).
  • Ana Paula Zaboroski Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista (UNESP).
  • Marcela Silva da Luz Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Resumo

Este estudo investigou o perfil (professores e alunos) e a dinâmica de seis SRM. Participaram da pesquisa seis professoras atuantes em AEE. Os dados referentes ao perfil dos alunos dessas salas também foram coletados. Foram aplicados questionários e efetuadas entrevistas com roteiros que priorizaram aspectos da rotina desse atendimento. Os resultados indicaram a recorrência de discussões sobre a formação de professores, tais como ausência e/ou insuficiência. Sobre o perfil dos alunos, identificou-se que, muitos deles não são públicos-alvo da Educação Especial. A articulação entre a educação especial e o ensino regular, bem como o conhecimento especializado dos profissionais da educação, são pontos nevrálgicos que ainda devem ser considerados no processo de inclusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Out 10, 2018
Como citar
OLIVEIRA, Jáima Pinheiro de; ZABOROSKI, Ana Paula; LUZ, Marcela Silva da. PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM SALAS DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS: POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 229-253, out. 2018. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/5723>. Acesso em: 01 jul. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2018v13n2p229-253.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Educação Especial; Inclusão; Salas de Recursos Multifuncionais.