PROFESSORES E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PARA COMBATER A VIOLÊNCIA E CONSTRUIR A CULTURA DE PAZ

Vivian Maria Senne de Assis, Suzana Lopes Salgado Ribeiro

Resumo


Este artigo objetiva analisar a visão dos professores a respeito da eficácia de um projeto de formação continuada, que visa reduzir e prevenir ações violentas na escola, por meio dos princípios da Justiça Restaurativa, da cultura de paz e dos processos circulares. Esta formação é parte de uma política pública educacional, adotada por uma Secretaria Municipal de Educação, do interior paulista. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, que registrou onze entrevistas semiestruturadas com professores participantes do projeto. A análise das entrevistas mostrou que os docentes consideraram que a formação trouxe-lhes conhecimentos para desenvolver ações que cultivem a cultura de paz. Desta forma, é possível apontar que este processo formativo gerou um impacto positivo na prática docente.    

 


Palavras-chave


pesquisa em educação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2017v12n1p166-188

T
Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.