O SILÊNCIO SOBRE O FILICÍDIO E A NECESSIDADE DE VIGIAR E PUNIR: REFLEXÕES SOBRE O MÉTODO

  • Elizabeth Bernardes Panerai

Resumo

Partindo do pressuposto que a evolução do comportamento social da humanidade é um processo lento e contínuo, este trabalho buscou uma relação entre a cultura civilizada, destacando o comportamento científico, e o comportamento humano anterior à transformação cultural que supostamente inaugurou o pensamento científico. Comparando teorias sobre a conduta do homem civilizado e do homem pré-histórico, observou-se que as idéias e relatos históricos de Michel Foucault sobre a organização social da atualidade reforçam a teoria psicanalítica freudiana sobre as raízes culturais da humanidade, sendo tal organização uma continuidade do comportamento arcaico anterior à civilização. A conduta científica, centrada no método, segue a mesma evolução.

Palavras-chave: filicídio; cultura; método.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como citar
PANERAI, Elizabeth Bernardes. O SILÊNCIO SOBRE O FILICÍDIO E A NECESSIDADE DE VIGIAR E PUNIR: REFLEXÕES SOBRE O MÉTODO. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 19-39, abr. 2007. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/54>. Acesso em: 12 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2006v1n1p19-39.

Palavras-chave

filicídio; cultura; método.