PESQUISA EM FONTES DOCUMENTAIS DA EDUCAÇÃO ESCOLAR: A NECESSÁRIA TRAJETÓRIA ENTRE O CONHECIMENTO E O PENSAMENTO NA FORMAÇÃO DO PESQUISADOR.

  • Silvana Aparecida Bretas

Resumo

O presente artigo pretende dissertar sobre questões metodológicas de pesquisa em fontes documentais da educação escolar, revisitando o empreendimento intelectual das áreas das chamadas Ciências Sociais e, assim procedendo, esboçar algumas possibilidades do encaminhamento científico da pesquisa em educação. Esses esforços concentram-se na intencionalidade de formular a crítica das relações existentes entre a própria lógica da ciência e suas relações sócio-políticas delineadas a partir da sociedade moderna. Entendemos, então, que a formação do pesquisador em educação, do ponto de vista epistemológico e metodológico, deve ser pautada pelo caminho consciente e coerente entre o conhecimento e o pensamento. No desenvolvimento de nossa argumentação enfocamos, no centro do debate da pesquisa das Ciências Sociais, a questão da subjetividade e da objetividade que sempre constituiu o fundamento metodológico que orientou os desdobramentos deste campo de investigação.

Palavras-chave: pesquisa educacional; fontes documentais; pensamento; conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Mai 8, 2007
Como citar
BRETAS, Silvana Aparecida. PESQUISA EM FONTES DOCUMENTAIS DA EDUCAÇÃO ESCOLAR: A NECESSÁRIA TRAJETÓRIA ENTRE O CONHECIMENTO E O PENSAMENTO NA FORMAÇÃO DO PESQUISADOR.. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 2-18, maio 2007. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/50>. Acesso em: 12 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2006v1n1p2-18.

Palavras-chave

pesquisa educacional; fontes documentais; pensamento; conhecimento.