REDES SOCIAIS: UMA ANÁLISE BASEADA NOS RELATÓRIOS DE GESTÃO DE UMA CASA FAMILIAR RURAL DO SUDOESTE DO PARANÁ

  • Nayara Massucatto Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Pato Branco.
  • Marcos Junior Marini Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Pato Branco.
  • Antonio Cavalcante de Almeida Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Pato Branco.

Resumo

A Pedagogia da Alternância (PA) trata-se de um modelo de ensino adotado pelas Casas Familiares Rurais no Brasil (CFR), cuja finalidade é desenvolver o protagonismo do jovem agricultor e seu meio. As redes sociais são sistemas de elos e relações que evidenciam a estrutural social. Quanto mais fortalecida for essa rede, maior será a probabilidade do desenvolvimento daquele determinado grupo. Este trabalho tem por objetivo verificar como se organiza a rede social de uma Casa Familiar Rural localizada no Sudoeste do Paraná. Essa pesquisa se caracteriza como de caráter documental. Primeiramente, foi realizada uma revisão de literatura sobre PA, capital social e redes sociais. Em seguida, foram analisados os relatórios de gestão da CFR dos anos de 2011, 2012 e 2013. Os resultados obtidos apontam a inexistência de uma rede social nas relações sociais, políticas e institucionais da CFR e que isso implica na dificuldade em atingir os objetivos da PA.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Set 3, 2016
Como citar
MASSUCATTO, Nayara; MARINI, Marcos Junior; CAVALCANTE DE ALMEIDA, Antonio. REDES SOCIAIS: UMA ANÁLISE BASEADA NOS RELATÓRIOS DE GESTÃO DE UMA CASA FAMILIAR RURAL DO SUDOESTE DO PARANÁ. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 468-491, set. 2016. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/4862>. Acesso em: 06 jul. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2016v11n2p468-491.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Casa Familiar Rural. Desenvolvimento. Rede social.