A APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA: ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

  • Luciana Soares Muniz "Universidade de Brasília" e "Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia"
  • Albertina Mitjáns Martínez "Universidade de Brasília"

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal apresentar reflexões tecidas a partir de uma revisão bibliográfica da produção científica relacionada à aprendizagem da leitura e da escrita no período de 2000 a julho de 2012. Nossas consultas foram realizadas na base de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações – BDTD e do SCIELO. Podemos asseverar que a aprendizagem da leitura e da escrita constitui-se como uma área consolidada no campo científico, com uma vasta produção de pesquisas, com diferenciações de enfoques, conceitos e metodologias de pesquisa, sobre as quais elencamos duas categorias de análise, assim delimitadas: trabalhos voltados aos processos cognitivos da aprendizagem e investigações direcionadas às relações histórico-culturais deste processo. Entre as zonas de sentido que se abrem nesta área, destacamos a necessidade de investimentos em estudos específicos sobre a criatividade na aprendizagem da leitura e da escrita e suas inter-relações com o desenvolvimento da subjetividade, uma vez que não identificamos pesquisas nesta direção.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Ago 31, 2013
Como citar
MUNIZ, Luciana Soares; MARTÍNEZ, Albertina Mitjáns. A APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA: ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 778-809, ago. 2013. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/3273>. Acesso em: 10 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2013v8n2p778-809.

Palavras-chave

Alfabetização. Leitura. Escrita. Criatividade. Subjetividade. Aprendizagem.