A CONSTRUÇÃO SOCIAL DO “OFÍCIO DE ALUNO” NA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Cristina Doneda Losso
  • Rita de Cassia Marchi FURB

Resumo

Este artigo é decorrente de pesquisa que tinha por objetivo conhecer a visão de pais e professores sobre a socialização das crianças na educação infantil e, mais especificamente, compreender aspectos da construção social do chamado “ofício de aluno” neste nível de educação. Pretendeu-se desvendar as relações que envolvem a educação infantil, as famílias, as crianças e sua socialização. Partiu-se do pressuposto de que atualmente existe uma tendência na sociedade em antecipar a escolarização da criança e que isso está relacionado tanto às transformações dos sentidos da infância e do “ser criança”, quanto de condições sociais especificas, como as formas de configuração familiar, a divisão do trabalho entre os sexos, o papel da mulher e o seu lugar na esfera da produção, além das pressões propriamente econômicas sobre as famílias. A pesquisa foi realizada em uma instituição de educação infantil da rede municipal de Florianópolis/SC. A coleta de dados deu-se através de entrevistas semi-estruturadas com 7 pais e 8 professoras de crianças que freqüentavam a instituição. O aporte teórico desse estudo está na interface da sociologia da infância com a sociologia da educação. A análise dos dados permitiu revelar que pais e professores justificam seus empenhos em despertar nas crianças atitudes precoces de disciplina e determinados hábitos e conhecimentos visando prepará-la para o “futuro” escolar e social.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Dez 24, 2011
Como citar
LOSSO, Cristina Doneda; MARCHI, Rita de Cassia. A CONSTRUÇÃO SOCIAL DO “OFÍCIO DE ALUNO” NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 6, n. 3, p. 603-631, dez. 2011. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/2821>. Acesso em: 17 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2011v6n3p603-631.
Seção
Dossiê Educação Estética

Palavras-chave

sociologia da infância