A POLÍTICA EDUCACIONAL NOS ANOS DE 1980 E 1990: QUAL A PROPOSTA DE DEMOCRATIZAÇÃO DA GESTÃO ESCOLAR?

  • Marisa Borges

Resumo

O presente artigo apresenta resultados de uma pesquisa de mestrado em educação sobre o processo de democratização da educação e da escola vivenciado nos anos de 1980 e 1990, na Rede Municipal de Ensino de Uberaba, em Minas Gerais. Aborda os impactos desse processo no campo de políticas públicas e gestão em educação, por meio de revisão de literatura e da análise documental procurando apreender os significados e dimensões que a proposta de democratização da gestão escolar assumiu nesse contexto. Apreendeu-se que, nos anos de 1980, o significado de democratização da escola articulava-se com a ampliação da rede de atendimento da educação pré-escolar e suas diretrizes não evidenciavam, em certa medida, contornos do que vinha ocorrendo em nível estadual e federal. De outra parte, um traço marcante nas políticas educacionais implementadas em Uberaba nos anos de 1990 foi, precisamente, suas aproximação com as diretrizes e políticas que vinham sendo implementadas pelos governos em nível federal e estadual, cujo conceito de democracia e participação foram assimilados pelos gestores da educação e se colocaram nos limites de uma participação e democracia, quando não decretada, no máximo consentida.
Palavras-chave: Democratização da educação. Gestão democrática. Participação. Política educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
Abr 30, 2012
Como citar
BORGES, Marisa. A POLÍTICA EDUCACIONAL NOS ANOS DE 1980 E 1990: QUAL A PROPOSTA DE DEMOCRATIZAÇÃO DA GESTÃO ESCOLAR?. Atos de Pesquisa em Educação, [S.l.], v. 7, n. 1, p. 143-174, abr. 2012. ISSN 1809-0354. Disponível em: <https://proxy.furb.br/ojs/index.php/atosdepesquisa/article/view/2714>. Acesso em: 06 fev. 2023. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1809-0354.2012v7n1p143-174.

Palavras-chave

democratização da educação; gestão democrática; participação; política educacional.