ESTRATÉGIAS DAS COORDENAÇÕES DOS CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PARA COMBATER A EVASÃO

Izaqueline Jhusmicele Alcântara da Silva, Gilberto José Miranda, Edvalda Araujo Leal, Janser Moura Pereira

Resumo


A evasão escolar é um fenômeno presente no sistema educacional público e privado que gera grandes impactos sociais. No ensino superior brasileiro, as taxas de evasão, nos cursos presenciais e a distância, correspondem a 24,9% e 28,8%, respectivamente. O presente estudo se propôs a analisar e identificar, na percepção dos coordenadores de curso, as ações de retenção praticadas nos cursos de Ciências Contábeis do Brasil e a sua relação com o nível de evasão da IES. A amostra ficou composta por 155 coordenadores vinculados a IES privadas (83,2%) e públicas (16,8%) de todas as regiões brasileiras. Para tratamento dos dados, foram utilizadas a estatística descritiva, as comparações múltiplas de proporções, as comparações de médias e a regressão linear múltipla. Os resultados da regressão demonstraram que as IES em que a coordenação promove a integração acadêmica dos alunos tendem a apresentar menores taxas de evasão, incluindo-se ações para acompanhamento e intervenção em relação às dificuldades de ensino-aprendizagem ao longo do curso. Também se mostraram relevantes o acompanhamento à frequência do aluno, bem como o oferecimento de orientações sobre o curso aos alunos no ato de matrícula. Identificou-se ainda que os cursos do turno noturno apresentam maiores índices de evasão se comparados aos do turno integral. Os testes estatísticos, por sua vez, indicaram que as bolsas de auxílio financeiro e os descontos nas mensalidades escolares oferecidas pelas IES, bem como a oferta de monitorias ou atendimento extraclasse para suprir deficiências do aluno ao longo do curso, tendem a reduzir as taxas de evasão. Infere-se, com base nos resultados, que, à medida que IES, coordenadores e docentes adotarem estratégias semelhantes a essas, e que contribuam com o debate sobre políticas que visem à retenção dos estudantes universitários, o fenômeno da evasão poderá ser erradicado ou, pelo menos, minimizado no meio universitário.


Palavras-chave


Evasão; Coordenação de curso; Ensino Superior; Ciências Contábeis; Estratégias.

Texto completo:

DOI: 10.4270/ruc.2018211

Referências


ANDRIOLA, W. Fatores associados à evasão discente na Universidade Federal do Ceará (UFC) de acordo com as opiniões de docentes e de coordenadores de cursos. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, v. 7, n. 4, p. 342-355, 2009.

BAGGI, C. A. S.; LOPES, D. A. L. Evasão e avaliação institucional no ensino superior: uma discussão bibliográfica. Revista de Avaliação da Educação Superior, v. 16, n. 2, p. 355-374, 2011.

BARDAGI, M. P. Evasão e comportamento vocacional de universitários: estudos sobre o desenvolvimento de carreira na graduação 2007. 242 f. (Tese) Doutorado em Psicologia - Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Rio Grande do Sul, 2007. Disponível em: . Acesso em: 01 jan. 2017.

BARDAGI, M. P.; HUTZ, C. S. “Não havia outra saída”: percepções de alunos evadidos sobre o abandono do curso superior. Psico-USF, v. 14, n. 1, p. 95-105, 2009.

BIASE, N. G.; FERREIRA, D. F. Comparações múltiplas e testes simultâneos para parâmetros binomiais de k populações independentes. Revista Brasileira de Biometria, v. 27, p. 301-323, 2009.

BRASIL/MEC/SESU. Comissão especial de estudos sobre a evasão nas universidades públicas brasileiras. Brasília: ANDIFES/ABRUEM/SESU/MEC, 1996.

BRASIL. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Censo da Educação Superior. Brasil: INEP, 2017. Disponível em: < http://portal.inep.gov.br/web/guest/censo-da-educacao-superior>. Acesso em: 18 out. 2018.

BUENO, J. L. O. A Evasão de Alunos. Paidéia, v. 25, n. 5, p. 9-16, 1993. Disponível em: . Acesso em: 01 jan. 2017.

CHARNET, R.; FREIRE, C. A. de L.; CHARNET, E. M. R.; BONVINO, H. Análise de modelos de regressão linear: com aplicações. 2. ed. São Paulo: Editora da Unicamp, 2008.

CONOVER, W. J. Practical nonparametric statistics. 3. ed. New York: J. Wiley, 1999.

CUNHA, J. V. A.; LUCA, M. M. M. de; LIMA, G. A. S. F.; CORNACCHIONE, E. B., Jr.; OTT, E. Quem está ficando para trás? Uma década de evasão nos cursos brasileiros de graduação em Administração de Empresas e Ciências Contábeis. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade – REPeC, v. 9, n. 2, p. 124-142, 2015.

CUNHA, J. V. A.; NASCIMENTO, E. M.; DURSO, S. O. Razões e influências para a evasão universitária: um estudo com estudantes ingressantes nos cursos de Ciências Contábeis de instituições públicas federais da região sudeste. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 9, n.2, p. 141-161, 2016.

DIAS, E. C. M.; THEÓPHILO, C. R.; LOPES, M. A. S. Evasão no ensino superior: estudo dos fatores causadores da evasão no curso de Ciências Contábeis da Universidade de Montes Claros – UNIMONTES – MG. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 7., 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2010. Disponível em: . Acesso em: 01 jan. 2017.

DIOGO, M. F.; RAYMUNDO, L. dos S.; WILHELM, F. A.; ANDRADE, S. P. C. de; LORENZO, F. M.; ROST, F. T.; BARDAGI, M. P. Percepções de coordenadores de curso superior sobre evasão, reprovações e estratégias preventivas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 21, n. 1, p. 125-151, Mar. 2015.

DRAPER, N. R.; SMITH, H. A. Applied regression analysis. 3, ed. New York: John Wiley, 1998.

KRÜGER JÚNIOR, P. R.; MELLO, S. P. T. D.; DINIZ, R. M.; SANTOS, E. G. D.; NEUENFELDT, C. S.; BARBOSA, L. P. Pesquisando causas e possíveis soluções para a problemática da evasão em um curso de administração numa universidade pública no sul do Brasil. In: Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul, 9., e Congresso Internacional IGLU, 2., 2011, Florianópolis (SC). Anais... Florianópolis: UFSC, 2011.

LOBO, M. B. de C. M. Panorama da evasão no ensino superior brasileiro: aspectos gerais das causas e soluções. Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior- ABMES Cadernos, n. 25, p. 09-58, 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

MIRANDA, G. J.; LEMOS, K. C. S.; PIMENTA, A. S. de O.; FERREIRA, M. A. Determinantes do Desempenho Acadêmico na Área de Negócios. Revista Meta: Avaliação, n. 7, v. 20, p. 175-209, 2013.

MUNIZAGA, F., CIFUENTES, M., & BELTRÁN, A. Retención y abandono estudiantil en la Educación Superior Universitaria en América Latina y el Caribe: Una revisión sistemática. Archivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 26, n. 61, p. 61, 2018. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

PAES BARROS, R.; FRANCO, S.; GALL, G.; GARCIA, B.; MENDONÇA, R. Políticas públicas para redução do abandono e evasão escolar de jovens. 2016. Disponível em: < https://www.insper.edu.br/wp-content/uploads/2018/09/Poli%CC%81ticas-pu%CC%81blicas-para-a-reduc%CC%A7a%CC%83o-do-abandono-e-evasa%CC%83o-escolar-de-jovens.pdf>. Acesso em: 12 dez. 2019.

R DEVELOPMENT CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2016.

SEMESP-SINDICATO DAS MANTEDORAS DE ENSINO SUPERIOR. Mapa do Ensino Superior no Brasil 2015. Disponível em:. Acesso em: 01 dez 2016.

SILVA FILHO, R. L. L.; MOTEJUNAS, P. R.; HIPÓLITO, O.; LOBO, M. B. de C. M. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa, n. 37, v. 132, p. 641-659, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2016.

SILVA, G. P. Análise de evasão no ensino superior: uma proposta de diagnóstico de seus determinantes. Revista de Avaliação da Educação Superior, n. 18, n. 2, p. 311-333, 2013.

TINTO, V. Dropout from higher education: a theoretical synthesis of recent research. Review of Educational Research, v. 45, n. 1, p. 89-125, 1975.

TINTO, V. Leaving College: Rethinking the Causes and Cures of Student Attrition. Chicago: University of Chicago Press, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2018211

Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br